segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Estamos de volta

Oi queridas, estamos de volta, já tem um tempinho que não atualizo aqui para vocês.. Estamos bem, dia 29 de outubro o príncipe completou 9 meses, ele já bate palminhas, da tchauzinho só quando ele quer, aprendeu a chamar com as mãozinhas, engatinha, diz não com a cabecinha não para mais queto, ligado no 220, fala papa o tempo todo, esta um grude com o pai que só vendo. Agora esta cheio de vontades, se ele quer fazer alguma coisa e não deixamos nossa fica bravo. Quando  ele quer pegar algo ou ir onde não pode ou fazer o que não pode, falo para ele Enzo não pode ele balança cabeça dizendo que não, da risada e volta querer pegar ou fazer.
Já levanta sozinho, da upa (hehe), quando falo da upa na mamãe ele me abraça e me beija uma graça.
Anda meio enjoado acho que é por causa dos dentes, ainda não saíram nenhum mas acho que já já sai.

Postando umas fotinhas atualizadas do príncipe e um vídeo dele chamando com as mãozinhas.


  
Essa carinha de quem estava admirado com as luzes coloridas






video

sábado, 21 de setembro de 2013

Dando uma passadinha.

Hola blog, hola minhas leitoras como estão? 
Damos uma sumida para variar heehe... Agora o tempo é mais curto, diferente de quando o principe ainda estava na barriga que passava por aqui sempre.. Agora é difícil, não consigo mais fazer nada quando ele esta acordado, não para mais queto, virando para todo lado, a única forma aqui foi usar o andador pois é o único lugar que ele fica queto, quer dizer queto sem reclamar e sem ficar se virando, mas tbm ja anda para todo lado no andador, ontem mesmo ele virou com o andador nossa me desesperei e chorei junto com ele mas não vou falar muito nesse assunto que me deixa pior ainda só de lembrar já que ele não estava comigo quando aconteceu.. 
Já diz mama, papa, está sentando mais firme e já fica sem apoio nenhum por mais tempo, bate palminhas ain lindo eu  canto bate palminhas para o Enzinho e ele já começa a bater, vou ate publicar aqui um vídeo depois que gravei, aprendeu a dizer não com a cabeça hehe falamos algo p ele e começa a balançar a cabecinha, faz umas caretas vou colocar uma foto com a caretinha dele.
Ainda um dilema grande para comer papinhas, as de frutas esta pegando melhor mas a salgada é difícil fazer ele comer pelo menos 5 colheres, mas está engordando muito bem, cheio de dobrinhas hehe.. Dia 29 já completa mais um mês e voltamos para atualizar..
beijinhos..
Algumas fotos do principe...
                                                                                                                                                                                                                                                        

                                     

                             
                  CHARME EM PESSOA                                                    

FAZENDO CARETINHA

                                                          AMOR DA MAMÃE
  


                                                   
                                                       O SORRISO QUE ME CONTAGIA






                                         
   FAZENDO COMPRAS COM PAPAI E MAMÃE








                                 











                                                                                       




                                             
                                                   CURTINDO UM FRIOZINHO

                                   
                                                 BEIJINHOS DA MAMÃE


sábado, 31 de agosto de 2013

Comemoração em Dobro

Comemoração em dobro, dia 29 de agosto Mamãe completou mais 1 ano de vida e bebe completou mais 1 mês. Completou seu 7 mesversario. 
Como o tempo passa, fico olhando para ele e imaginando aquele bebezinho tao pequeno e frágil, que há 7 meses atrás ainda estava na barriga que eramos apenas um só, e hoje já esta quase um rapaizinho, querendo ser independente, pois é meu bebezinho não para mais queto é virando para todo lado, no colo quer ficar pulando, já fica rastejando querendo engatinhar, gritando como nunca, dando aquelas gargalhadas gostosas e aqueles sorrisinhos banguelos é pq ainda não apareceu dentinhos por aqui. 
Cada dia mais apaixonada, cada dia mais coruja, mais babona.
vai uma fotinha atualizada bo baby..

bjos...





domingo, 11 de agosto de 2013

E essas mexidinhas aqui dentro. Será que estou com outro bebe dentro de mim. Entenda.

E quem nunca sentiu aquelas mexidinhas na barriga como se o bebe ainda tivesse ai dentro, e muitas vezes pensa sera que tem outro bebe aqui, gravida novamente nao pode ser.
Bom eu senti isso varias vezes parece que Enzo ainda esta aqui dentro de mim me chutando parecendo um jogadorzinho de bola. E resolvi pesquizar a respeito.

Após 9 meses de gestação, imagina como está o interior do corpo feminino, uma bagunça, órgãos em posições provisórias, e o local "alugado" pelo bebe está novamente no "mercado imobiliário" do corpo(rsrs), agora está livre para a reorganização interna, este período de ajustes podem durar até 1 ano após o parto, ou seja, o útero pode contrair, fazendo com que a mamãe ache que algo se mexe lá dentro, mas fique calma, é apenas seu útero e seus órgãos voltando para suas "residências próprias"ou voce acha que somos apenas nós que temos o sonho da casa própria rs..

http://www.aventurapaterna.com.br/bebe/simpaticas-simpatias/


         A MAE DO CORPO

Clique Aqui>  http://gentedeopiniao.com.br/lerConteudo.php?news=90522


terça-feira, 30 de julho de 2013

6 meses

Dia 29 na segunda o principe completou 6 meses. Nossa como passa rapido,meio ano ja. Os melhores e mais felizes 6 meses da minha vida. Terminei  o dia 29 de janeiro de 2013 com chave de ouro ganhando a minha jóia rara, a pessoinha que veio ao mundo para me fazer feliz e fez 6 meses que você chegou meu filho amado quem eu amo mais que tudo na vida, por quem sou capaz de dar a vida. E hoje vivo por você, meu tudo, o ar que respiro, minha realização. Meu complemento de vida, minha felicidade, meu motivo de viver todos os dias enfim minha vida. 






sábado, 27 de julho de 2013

Introduzindo Alimentos

Começamos a introduzir alimentos, Ha 2 semanas comecei a introduzir suquinhos para o principe ele nao esta aceitando suco nao faz careta cospe para fora. Semana passada introduzi papinhas de frutas e neston, as frutas nao esta aceitando muito, ja a papinha de neston ele toma melhor. Ontem dei mamao e nada de aceitar, vou dar frutinhas ele fecha a boca e nao abre, entao ontem eu bati mamao com leite e neston ele amou tomou uma mamadeira cheia. Depois que ele começar a aceitar melhor a papinh doce e sucos irei começar a dar as papinhas salgadas. Primeiro quero que ele aceite as frutinhas e conseguir substituir pelo menos por uma mamada porque ele come so um pouquinho e ja tenho que dar leite em seguida.  
  Bom e isso queridas, ah segunda ja entramos no sexto mes e volto com mais post.
 beijos

domingo, 7 de julho de 2013

Fases de crescimento e desenvolvimento

Ando cansada exausta,  a crise chegou aqui em casa denovo, como tinha comentado em um post anterior que Enzo estava na crise, depois que completou os 4 meses ficou assim está pior que na crise dos 3 meses, e desde dos 4 meses e meio não está dormindo bem,  não dorme anoite direito, ele dorme um pouco quando lá para 1 da manhã acorda chorando e assim passa toda anoite acordado, e quando dorme acorda de 20 em 20 minutos as vezes menos tempo e já chorando, graças a Deus tem 2 noite que dorme melhor mas mesmo assim nao e anoite inteira, enjoado só quer colo. Estava lendo sobre  pico de crescimento e salto de Desenvolvimento e cheguei a essa conclusão de que ele está passando por um Salto de Desenvolvimento. Agora ter calma paciência e esperar passar afinal essa que ele está passado é a pior e a mais intensa. Para  entender melhor sobre o pico de crescimento e salto de desenvolvimento vou publicar uma matéria. Bom é isso beijos para vocês e logo volto com mais post. 

Fases de crescimento e desenvolvimento que modificam o sono do bebê e da criança

O desenvolvimento e o crescimento do bebê no primeiro ano e além podem provocar alterações no seu sono. Veja como saltos de desenvolvimento, picos de crescimento e angústia de separação podem interferir no sono.
O primeiro ano da criança é uma fase de mudanças extraordinárias para toda a família. Esse período é excitante e desafiador, quando bebês aprendem a comunicar suas necessidades e pais aprendem como atendê-las.
Você pode pensar que o desenvolvimento do seu bebê (como aprender a rolar, engatinhar e andar) e seu crescimento não tem nada a ver com o sono, mas a verdade é que caminham juntos! Abaixo uma descrição dos fenômenos chamados saltos de desenvolvimento, picos de crescimento e angústia de separação.
Saltos de desenvolvimento
Saltos de desenvolvimento são aquisições de habilidades funcionais específicas que ocorrem em determinados períodos. O ritmo de desenvolvimento não é constante: há alguns períodos de desenvolvimento acelerado e outros onde há uma desaceleração.
Toda vez que seu bebê desenvolve uma nova habilidade, ele fica tão excitado e obcecado com a conquista que a quer praticar o tempo todo, inclusive durante o sono. Em outras palavras, um dos ‘efeitos colaterais’ desse trabalho todo que o cérebro dos bebês está fazendo é que eles não dormem tão bem quanto o fazem em períodos que não estão trabalhando em dominar uma nova habilidade. Eles podem até resistir às rotinas já estabelecidas.
No período que imediatamente antecede o chamado salto de desenvolvimento, o bebê repentinamente pode se sentir perdido no mundo, pois seus sistemas perceptivo e cognitivo mudaram, houve uma maturidade neurológica, mas não tempo hábil para adaptação às mudanças. Então o mundo lhe parece estranho, e o resultado da ansiedade gerada é geralmente desejar voltar para sua base, ao que já lhe é conhecido, ou seja, a mamãe! Em vista disso, é comum ficarem mais carentes, precisando de mais colo, e com frequência há também alterações em seu apetite e sono.
Então, nessas fases, é preciso apenas ter um pouco de paciência e empatia com o bebê - depois do processo de aquisição da nova habilidade (como rir, engatinhar, sentar, interagir, andar) o bebê dá um salto no desenvolvimento e demonstra felicidade com o final da ‘crise’. Ou seja, por um lado, o bebê fica feliz com a nova habilidade e independência que vem junto, e já é capaz de se afastar um pouco da mamãe. Por outro lado, sente angústias e receios com essa nova situação. Isso lhe traz sentimentos dúbios: é como uma ‘dança louca’ entre separação e apego, onde o bebê irá flutuar entre os dois por um período.
A duração de cada salto é variável, mas geralmente depois de algumas semanas a fase difícil passa e tudo volta à normalidade. Bebês e crianças precisam de cuidados amorosos, empatia e novas experiências, e não de brinquedos caros. Fale com seu bebê, cante, brinque com ele, leia para ele. São atividades chave para o desenvolvimento do cérebro. Os saltos no desenvolvimento não cessam na infância, mas continuam até a adolescência.


Picos de crescimento
Picos de crescimento são fenômenos que se referem ao crescimento do bebê em si, e não ao seu desenvolvimento. Nos períodos de picos os bebês começam a solicitar mais mamadas do que o usual, pois precisam de mais alimento para crescer nesse ritmo agora mais acelerado. Então o bebê que dormia longos períodos à noite pode começar a acordar mais e solicitar mais mamadas. Esta necessidade geralmente dura de poucos dias a uma semana, seguido de um retorno ao padrão menor de mamadas, mas agora com o organismo da mãe adaptado a produzir mais leite.
É muito importante respeitar a demanda aumentada de mamadas, pois somente com a livre demanda é que a produção de leite materno se ajusta perfeitamente às necessidades do bebê.
Nesses períodos a mãe pode interpretar incorretamente a maior demanda de mamadas do bebê - ela pode achar que seu leite não está sendo suficiente, ou que está ‘fraco’ e pensar que a solução para a situação é oferecer complemento de leite artificial. Porém, é um erro oferecer mamadeiras com leite artificial nesses períodos, pois isso prejudica o equilíbrio perfeito da natureza de produzir o leite conforme a demanda de mamadas. Em outras palavras, ao dar leite artificial perde-se um estímulo poderoso no peito, o organismo assim entende que não precisa daquela mamada, e passa a produzir menos e não mais como é necessário!

Ansiedade de separação
A partir de 6 a 8 meses, em média, o bebê começar a perceber que é um indivíduo separado da mãe. Essa descoberta lhe traz angústia e pânico, então ele tende a solicitar muita atenção da mãe e pode chorar mais que o usual. Essa fase se completa num longo processo que continua a se manifestar de uma forma ou outra até os dois a três anos, ou até os cinco anos, de acordo com outros especialistas.
É preciso levar a sério a intensidade dos seus sentimentos. O bebê não está “chatinho”, “grudento” nem “manhoso”. Como a mãe é o seu mundo e representa sua segurança, e como a noção de permanência (ou seja, tudo que está longe do campo de visão) não está completamente estabelecida, essa angústia é muito acentuada. A maioria das conexões nervosas no cérebro são feitas na infância e a maneira com que lidamos com as emoções do bebê tem um efeito profundo em como essas conexões se refletirão na capacidade do bebê lidar com suas próprias emoções quando for adulto. Em outras palavras, experiências na primeira infância e interação com o ambiente são as partes mais críticas no desenvolvimento do cérebro da criança. (5)
O sistema de angústia da separação, localizado no cérebro inferior, está geneticamente programado para ser hipersensível. Nos primeiros estágios da evolução humana era muito perigoso que o bebê estivesse longe da sua mãe. Se não chorasse para alertar seus pais do seu paradeiro, não conseguiria sobreviver.
Então, quando o bebê sofre pela ausência dos seus pais, no seu cérebro ativam-se as mesmas zonas que quando sofre uma dor física. Ou seja, a linguagem da perda é idêntica à linguagem da dor. Não tem sentido aliviar as dores físicas, como um corte no joelho, e não consolar as dores emocionais, como a angústia da separação. Mas, infelizmente, é isso o que fazem muitos pais, por não conseguirem aceitar que a dor emocional de seu filho é tão real como a física. Essa é uma verdade neurobiológica que todos deveríamos respeitar.




Chegamos aos 5 meses.

No sabado dia 29 de junho chegamos aos 5 meses. Enzo 5 meses que nasceu e 5 meses que nasceu uma mae, 5 meses que eu renasci.
Com 5 meses e 3 dias pesei estava com 8 kilos e 64 cm, engordou 200 g e 2 cm.  Agora ele nao para queto e virando o tempo todo, hoje mesmo acordei cm ele resmungando e quando olhei ele estava de bruços deitado por cima do braço e o rostinho megulhado no colchao, fiquei doida quando vi. Agora os dentes estao querendo dar sinal esta cm uma coceira monstra na gengiva ontem comprei nenedente p passar e deu uma aliviada, e ontem tbm dei banho de chuveiro nele pela primeira vez nao curtiu muito e ficou assustado. ah como disse no outro post esta enjoado desde dos 4 meses e meio e desde esse tempo nao dorme anoite, graças a Deus que tem 2 dias que começou a dormir anoite, mas acordando toda hora chorando assustado mas esta dormindo melhor. 
bom  e isso. 

 beijos

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Novidades

Oi queridas como estao?  Eu vim atualizar, como comenteri em meu ultimo post Enzo completou 4 meses no dia 29 levei para pesar e ja estava cm 7,500 Kg gorduxinho da mamae e quando ele estava cm 4 meses e 12 dias levei para tomar a vacina depois de 1 semana tentando dar mas as vacinas estavam em falta, pesei ele denovo e ja estava cm 7,800 Kg 300 g em 2 semanas e com 62 cm.. No dia da vacina ficou chorando muito enjoado, mais cm 2 dias depois começou a apresentar febre diarreia e ficar mais enjooado ainda por causa da febre ate ficou cheio de alergia.. E agora com 4 meses e meio esta descobrindo os pezinhos e esta dificil eixar sozinho na cama ja vira para todo lado um  perigo hehe.. E esta passando por uma crise terrivel mas comento sobre isto em outro post.. bom foi isso meninas que passou nessas ultimas semanas.. bjos p todas..

fotinhas atualizadas do meu principe.